segunda-feira, 3 de março de 2014

Atração


Quero Você. Agora!
Com o celular na mão,ele se sentia tentado a atender o pedido daquela mensagem. Mas,ele não podia.Não devia. Ele já havia decidido pôr um ponto final naquela história.
Ricardo Sempre foi um homem bonito,charmoso,do tipo atlético,nunca teve problemas com as mulheres,sempre teve quem desejou aos seus pés,desfazendo-se delas,quando se sentia satisfeito.
Mas,com ela,era diferente. Ele não conseguia entender porque se sentia tão ligado aquela mulher. Chegou a propôr um relacionamento sério.
Ele,que jamais se imaginou assumindo compromisso com alguém,a viu recusar seus três pedidos. O que ela tinha que o fascinava tanto? Será aqueles cabelos pretos,e compridos,será os olhos esverdeados,e misteriosos? Será o corpo escultural? 
Lembrou-se da primeira vez que a viu...ela estava dançando na pista.e era como se a boate inteira tivesse parado pra ver aquela Deusa dançar. Derrepente,os olhos dela,se fixaram nos dele,e,pela primeira vez,ele se viu desarmado,sem saber o que fazer.
O simples fato de caminhar,a tornava graciosa,o vento balança seus cabelos,e vestido,tornando a cena espetacular.
Quando ele entrou no apartamento a encontrou sentada em uma grande poltrona de couro. Um drink em uma das mãos. Notou aquele olhar felino,era como se ele pudesse ver as chispas nos olhos dela. Nas pernas cruzadas,meias arrastão,e salto agulha nos pés. Essas eram as únicas peças que ela usava. Havia também,um colar de pérolas entre os seios médios.
Droga! ele havia sido fraco outra vez, Como sempre,ela sabia que ele iria. Sentiu um ímpeto de ir embora,mas,a atração que ele sentia era maior que tudo que ele já havia sentido em toda a vida.
Se aproximou dela,ajoelhou-se e olhou em seus olhos,ela sorriu,e assim,derrubou qualquer barreira ainda poderia haver. Começou a acariciar aquelas pernas macias,sentindo o tecido da meia,deslizando as mãos pelas coxas,ela passou um dos pés no meio das pernas dele,fazendo seu membro latejar.
Ele se levantou,e sob o olhar faminto dela,despiu-se. Ela sorriu,levantou-se e se aproximou dele. Passou as mãos nos seus cabelos,e o beijou. Aquele beijo tinha o dom de fazer com que ele se esquecesse do resto do mundo.Ela passou a lingua pela orelha,pelo pescoço,e,arranhou de leve as costas.
Desceu com a boca beijando cada parte do seu corpo,marcando com o batom vermelho. Ajoelhou-se e,olhando-o nos olhos, colocou aquele pênis na boca,roçando a língua na cabecinha que já estava molhada.
Passando a língua devagar,avançando aos poucos,lambendo da base até a cabeça,sentindo a extensão..até que colocou ele inteiro na minha boca,tudo o que conseguia, daquele membro excitado.Começou a sugá-lo.
Enquanto estava com ele dentro, mexia a língua um pouco de um lado para o outro, para cima e para baixo, delicadamente, roçando-a com a pele esticada, sentindo as veias pulsando com tanto sangue que ia com o fluxo de tesão dele para o pênis. Com estes movimentos, ele começou a respirar mais forte, dar discretos gemidos.Continuou  chupando.Tirou da boca, e começou a masturbar e olhar para cima, para o seu rosto louco de tesão.
 Entre uma batida e um olhar safado, ela chupava. Batia e chupava. O quadril dele começou a acompanhar o ritmo e quando ele sentiu que ia gozar,ela parou.
Colocou´se de quatro na poltrona,e olhou para ele,um olhar mais que convidativo.
ele se aproximou-se,e passou a língua naquela região molhada. ela suspirou,e ele passou a língua novamente.  Ela gemeu e disse: Agora!
Ele se posicionou,e devagar,foi entrando naquele corpo quente,que o acolhia perfeitamente,como se ele fizesse parte dela.
Movimentou-se lentamente,ele queria aproveitar ao máximo aquele momento sublime que era estar com aquela mulher. Ela começou a rebolar no pênis dele,e jogar o corpo pra trás.
Ele acelerou o ritmo,e segurou-a pelo cabelo,penetrando-a com sofreguidão. Ela Gemia,e seus movimentos acompanhavam o dele.  A sincronia era perfeita,e ele desejava fazer aquilo pra sempre,todos os dias. Continuou assim,até que sentiu o corpo dela estremecer,e se sentiu explodir dentro dela. Juntos atingiram o ápice mais uma vez.
Mais uma vez,foi perfeito. maravilhoso.
Retirou-se dela,e a viu se levantar,beija-lo na boca,e dizer que ia tomar um banho.
Esperou que ela saísse,e foi a sua vez. Quando saiu,ela não estava. Encontrou um bilhete,que dizia: Obrigada meu bem. Sentiu-se frustrado.
Vestiu-se e saiu,jurando nunca mais atender um pedido dela.
Quando ganhou a rua,ele,secretamente desejava ver outra mensagem na tela do celular.


Cris

2 comentários:

  1. Uhmm qual é a fonte pra esta inspiração... por favor quero o telefone esta mulher kkk
    Muito bom extremamente excitante...

    ResponderExcluir
  2. Dante,minha musa inspiradora é secreta!!! Rsrs.
    Que bom que gostou. Obrigada pela visita,e pelo comentário.

    Beijos.

    ResponderExcluir