segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Férias.




Queridos. A partir de hoje,me afasto do blog,e retorno logo mais.
Este foi o primeiro ano do nosso blog,e o meu primeiro "contato com esse universo",e quero dizer que foi muito bom,e muito especial,conhecer,e e ter todos vocês que nos acompanham.
Desejo a todos que 2014 seja repleto de coisas boas,muito tesão e realizações para todos.

Beijos,Cris.                
Leia Mais ››

Feliz Natal!!

Olá queridos amigos,é com muito prazer que eu (Cris) e Anita,desejamos a todos vocês,um Feliz Natal!!

Desejamos que nesse natal  encontrem papai Noel bem bonzinhos
Que realizem todos os seus pedidos.
Fantasias.
Que seja cheio de sabores,com muitas chupadas.
Que os papais Noel se multipliquem para a nossa alegria e satisfação.
Que nos preencha de alegria e satisfação.
Que tenhamos surpresas agradáveis nesse Natal.
  Cheio de presentes,e coisas deliciosas...
Que as mamães Noel divirtam entre si.
Que os Papais Noel se divirtam entre si.
Que tenha Mamães Noel tão boazinhas quanto os Papais Noel.
Que possamos realizar as fantasias do Papai Noel,para que ele volte no próximo ano.
Que nesse Natal todos realizem seus desejos e fantasias,que seja um natal cheio de amor,carinho,tesão e prazer.

Beijinhos Anita & Cris





Leia Mais ››

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O ENCONTRO II





(Escrito por Cris)

Fui ver o que havia na caixa, ao abrir, vi, entre papéis de seda, uma linda lingerie vermelha, com detalhes em preto. Era composta por um espartilho em rendas, com um belo decote, cinta-liga, e meias. Ao lado da caixa, tinha uma garrafa de um bom vinho, que já havíamos comentado.

Tirei o meu vestido, sentindo o tecido deslizar pelo meu corpo, e minha calcinha. Peguei uma taça em cima da mesa, me servi do vinho, e fui para a banheira. Água na temperatura ideal, com um delicioso aroma.

(Escrito por Dante)

A espreita da janela do meu apartamento eu me deliciava com tamanha sensualidade de Cris ao tirar o seu vestido, seus belos e delicados seios prontos para serem tocados, acariciados me fizeram conseguir senti-los e minha boca.

Completamente nu eu terminava de me secar enquanto a via naquele quarto e meu cacete já completamente enrijecido era um retrato de como ela mexia com minha sexualidade. Foi então que o mundo pareceu rodar em câmera lenta quando ela começou a tirar sua calcinha, seu sexo me fez arder de tesão.

Em seguida ela serviu-se com o vinho que comprei especialmente para a ocasião e dirigiu-se para outro em direção à banheira hidromassagem.

(Escrito por Cris)

E então, me lembrei de como tudo começou.

Lembrei-me de quando visitei aquele site, pela primeira vez. Comecei a ler aquelas palavras excitantes, naqueles textos deliciosos. Logo, se tornou essencial a minha visita ali. Lembrei-me de como iniciamos uma conversa gostosa, e insinuante.

(Escrito por Dante)

As batidas do coração ficaram mais intensas assim que atravessei a Av. PIO XII e adentrei àquele hotel...

Leia Mais ››

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Primeiro amor,perdendo a virgindade


Gustavo era um garoto bonito todas as meninas da minha rua ficavam admirando-o,eu estava na minha pré adolescência e ele já na sua adolescência,vivíamos conversando no portão de minha casa,sempre ele levava desenhos feitos por ele que eram lindos(algo relacionado a nós dois),eu uma garota na pré adolescência,mas com aparência de ser mais velha,seios avantajados,e um corpo bonito(cheinho),ele logo começou demonstrar interesse por mim,começamos a nos falar pelo telefone nos horários que meu pai não estava em casa,e sempre nos víamos,sabia os interesses dele por mim,mas não tinha coragem de ficar com ele.

Passado algumas semanas ele veio até minha casa e eu o convidei para entrar,ele entrou ficamos conversando por um bom tempo,até ele me puxar pelo braço e me beijar,foi o meu "primeiro beijo"nesse momento eu já fiquei "apaixonada"eu não tinha nem 15 anos,ficamos tempos apenas nas caricias,quando eu via que ia rolar algo eu criava uma desculpa que não estava preparada,e assim por diante.

Continuamos ficando "escondido"só meu pai que não sabia,meus 15 anos estava próximo,meu pai organizando festa de debutante correria sem prestar atenção em mim,apenas pensando no grande dia que ele iria ver sua filha como uma princesa.

Aproveitando que meu pai estava atarefado com a festa,resolvi colocar o plano meu e do Gustavo em pratica,seria naquela noite a minha primeira vez,antes dos meus 15 anos,esperei anoitecer os vizinhos fecharem suas portas,janelas e fui ao encontro do "meu amado".

Chegando a sua casa,ele estava nervoso me tratou super bem,me levou para o quarto e pediu para que eu confiasse nele,e assim fiz.

Ele me beijou meu lábios,desceu sua boca pelo meu pescoço,tirando minha blusinha,beijou meus seios e tirou minha sainha,seguido a minha calcinha,eu estava nervosa mas era aquilo que eu queria me tornar uma mulher,correspondendo o beijo de Gustavo levantei sua camiseta até os ombros e ele terminou de tirar,suas mãos percorriam o meu corpo,passava por cima de minha xaninha,me deixando excitada.

Minhas mãos percorriam suas costas,barriga e ia de encontro com seu pau,que estava complemente duro,passei minha mão por todo o seu pau um pouco sem jeito,Gustavo pediu para que eu chupasse fiquei com receio,mas me ajoelhei em sua frente e comecei a chupa-lo totalmente sem jeito e ele me ensinando,passei minha língua na cabecinha de seu pau e senti seu gosto,coloquei ele em minha boca(até onde coube)e fiquei chupando e lambendo seu pau,meio sem ritmo sem saber direito como brincar com aquele meu brinquedo novo,mas logo eu fui pegando o ritmo e colocava e tirava o pau de minha boca,intercalava com lambidas e pelo olhar de Gustavo estava ótimo.

Depois de um tempo Gustavo pediu para que eu me deitasse na cama,em seguida começou a beijar o meu corpo,beijava meus seios que estavam rígidos,deslizava seus lábios pela minha barriga e beijava minha xaninha virgem,passava sua língua na entradinha e voltava a mordiscar meu clítoris o que estava me deixando louca,minha xaninha estava completamente molhada de tanto tesão,cada lambida que ele dava em minha xaninha parecia que eu ia explodir de tanto prazer,ele percebendo que eu estava prestes a gozar,parou e 
se posicionou entre minhas pernas e colocou seu membro na entradinha da minha xaninha,nesse momento eu fechei meus olhos com a respiração ofegante,e sussurrando disse:

__Devagar!

Senti seu pau entrando em minha xaninha e quase sem aguentar disse:

__Está doendo não vou aguentar...!

Ele me deu um beijo e terminou de colocar seu pau,dei um grito de dor,ele me deu mais alguns beijos e começou um movimento de vai e vem bem devagar,no inicio estava doendo mas depois eu fui me acostumando com a dor,e fui gostando sentia meu corpo se arrepiar,meus gemidos estavam mais alto e com mais prazer,estava sentindo algo que no momento não conseguia descrever(hoje eu sei que era prazer).Sentia o pau de Gustavo cada vez mais rápido já não sentia mais dor e podia desfrutar daquele momento prazeroso,podia ouvir a respiração de Gustavo,seus lábios tocavam meus seios enquanto seu pau entrava e saia de minha xaninha,meu corpo se contorcia de prazer,Gustavo gozava junto comigo,nossos corpo no mesmo ritmo num só prazer.

Após isso teve mais caricias durante a noite,pois eu dormi em sua casa e depois desse dia teve muitas outras vezes,inclusive ele foi para minha festa de debutante(claro meu pai não sabia de nada).

Ficamos juntos por mais dois anos até meu pai descobrir TUDO e nos proibir  de namorarmos.

Anita 
Leia Mais ››

sábado, 7 de dezembro de 2013

Além do véu de Diana

Estava tomando um café enquanto  aquela mulher falava sobre vários assunto,lia e relia textos daquele livro,me explicava,mas minha cabeça ficava rodando,pensava em inúmeras coisas que eu poderia estar fazendo,as vezes eu fazia cara de que estava prestando atenção em tudo que ela me dizia,as vezes até dava um sorrisinho.

Depois de um bom tempo que ela estava falando sobre suas doutrinas e crenças eu já estava ficando convencida de que ela realmente era uma mulher muito religiosa e que jamais teria coragem de fazer o que estava prestes a acontecer,pedimos a conta e fomos embora conversando,chegando em casa convidei à para entrar,pois mesmo não concordando com seu estilo de vida(de que para ter uma crença precisa mudar seus trajes,modo de viver,ser alguém só por aparência)nós eramos muito amigas,sempre pedia conselhos para ela(Diana),ela entrou e se sentou no sofá,me sentei ao seu lado e comecei a conversar,perguntei sobre varias coisas até chegar num assunto que de inicio ela se fez de desentendida mas logo foi falando sobre seus relacionamentos amoroso.

Confesso que nunca imaginei que por de trás daquelas roupas enormes,sembrante serio,havia uma mulher muito safada e fogosa,mas isso era muito pouco perto do que ainda iria acontecer.

Depois de muitas conversas e risadas,pois estava adorando ver como ela se soltava e era ela mesmo,sem receio,vergonha,sem se fazer de santa,ela tirou sua camiseta larga ficando apenas com um top e sua saia longa,olhei seu corpo e pude perceber como ela era uma mulher atraente, percebendo que eu admirava seu corpo e perguntou o que estava achando,eu disse que estava adorando poder ver um pouco mais do seu corpo e que ela era uma mulher muito atraente.

Ela então soltou seus cabelos longos e negros em seguida tirou sua saia ficando apenas com sua calcinha FIO DENTAL,no momento fiquei sem reação,pois Diana estava se mostrando quem realmente era,uma mulher linda com desejos.

Diana se aproximou de mim beijou minha boca,suas mãos passeavam pelo meu corpo retirando as alças do meu vestido deixando-o cair no chão,meus seios amostras ela desliza suas mãos acariciando um por um e mordiscando levemente os biquinhos que estavam rígidos,ela não parava e descia cada vez mais sua boca pelo meu corpo parando na minha virilha olhou delicadamente para mim,naquele momento eu pude perceber que ela era uma mulher como qualquer outra,tinha seus desejos e que teria que realizá-los.

Levei ela para o quarto e nos deitamos na cama entre beijos,minhas mãos percorriam seu corpo e as suas percorriam o meu,nossas pernas entrelaçadas e o desejo tomando conta de nós,naquele momento não pensávamos em nada além do nosso próprio prazer,minhas mãos entre suas pernas e suas mãos entre as minhas,uma brincando com a outra.

Depois de algum tempo,nos posicionamos na posição 69,sentia sua língua passeando pela minha boceta,pequenas mordiscadas no meu clítoris seguida de lambidas,com a mesma intensidade eu chupava Diana,mordiscava seu clítoris,passava minha língua por sua boceta,conforme eu sentia sua língua me chupando,mordiscando,adentrando em minha boceta eu fazia com ela,poder dar e receber prazer era maravilhoso,podia sentir seu corpo vibrar em baixo do meu,sentia seu gosto em minha boca,enquanto meu corpo se contorcia de prazer,sua boceta pulsava em minha boca e a minha pulsava em sua boca,nossos corpos caídos sobre a cama,nossos dedos entrelaçados,em seu rosto um sorriso.

Depois de um tempo ela teve que ir para a igreja,ficamos mais algumas vezes,mas nada serio.Aliais a religião dela jamais permitiria.

Beijinhos

Anita

P.S. Deixando bem claro não tenho nada contra alguma religião.
Leia Mais ››

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

O Encontro







(Escrito por Cris)

Frio na barriga.

Ansiedade, já não era mais capaz de descrever o que eu sentia naquele momento. Eu já havia decorado o endereço do hotel que ele havia falado, e agora já estava á um minuto parada em frente à porta do quarto. Sim, o quarto era aquele, nº 608. Respirei fundo, e entrei.

(Escrito por Dante)

30 dias antes...

- Uhmmm, interessante, e pelo jeito dividimos o mesmo hobbie... divide um belo blog com uma amiga e tem uma escrita incrivelmente excitante.

Depois de algumas visitas àquele blog, trocas de elogios e comentários, recebi um e-mail muito receptivo e carinhoso. Ela sabia encaixar muito bem suas palavras e o melhor, era natural, não escondia suas fraquezas e qualidades, e diferente de mim não trazia consigo uma máscara.

Começamos a trocar diversos e-mails e nela resolvi confiar e então tirei a máscara do Dante, e a ela apresentei a pessoa além do personagem. Era impressionante a sintonia, certo dia nós trocamos telefone, e no meio da uma noite sem um prévio aviso decidi ligar.

- Alô.

- Cris?

- Sim quem está falando?

- Dante - Houve um breve silêncio e m seguida ouvi sua respiração profunda –
Nossa, eu nunca me senti tão excitada em segundos, adorei sua voz.

- Como você esta vestida?

- Como está muito quente estou só de calcinha, pequena de renda...


Leia Mais ››

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Desejos proibidos_Ultima noite

Ando pelas ruas sem rumo,penso naquele homem que me tocou algumas semanas atrás,fecho meus olhos e posso senti-lo próximo a mim,abro os olhos rapidamente com a esperança de ser verdade,olho para os lados e só vejo rostos estranhos.

Continuo com minha vida,mais dentro de mim há um vazio,sinto falta de Jack,quero vê-lo,toca-lo,sentir seu cheiro...quero ser sua mais uma vez!

Mas como eu posso estar pensando algo assim?Se prometi a mim mesma que nunca mais voltaria a vê-lo.Sim eu sei que prometi isso,mais quero vê-lo,preciso sentir seu corpo junto ao meu.

Depois de um bom tempo perdida em meus pensamentos,resolvo tomar um banho  e não pensar mais em Jack,e assim faço.O dia passa rápido e logo anoitece,olho para os lados e me encontro sozinha,estou solitária com o meu marido viajando,o que dificulta ainda mais a minha situação.

Meu telefone toca olho e vejo o nome de Jack,exito e não atendo,depois de um tempo ele liga novamente,e eu atendo,conversamos por um longo tempo até combinarmos dele vir até mim.

Depois de um tempo ele chega em minha casa,assim que eu abro a porta caio em seus braços e lhe dou um beijo demorado,meu corpo queima por dentro a saudades estava demais,puxei ele pelo braço levando-o até o quarto,ele senta na lateral da cama e eu em seguida sento em seu colo encaixando minhas pernas em volta de sua cintura,suas mãos percorrem minha cintura me abraçando forte,nosso beijo é demorado,envolvente,sinto cada músculo de sua língua invadir minha boca,suas mãos levanta meu vestido retirando-o,meus seios completamente amostra,sua boca percorre meu pescoço,chegando ao meu ouvido ele sussurra:

__Senti falta do seu cheiro,seu toque!

Sua boca desliza meu pescoço chegando ao  meus seios,ele mordisca levemente cada um deles que estão completamente rígido,nesse momento eu me entrego por completo,meu corpo em chamas clama pelos carinhos de Jack.

Jack levanta segurando-me em seu colo,me colocando em cima da cama enquanto me beija,minhas mãos deslizam sobre sua camisa desabotoando cada botão deixando-a completamente aberta,meus dedos deslizam por seu adomem definido,percorrendo cada pedacinho até chegar em seu pescoço retiro por completo sua camisa,sinto seu corpo sobre o meu,seu membro a ponto de explodir,ele se levanta tira sua calça ficando apenas de cueca.

Levanto meu corpo ficando de frente para seu membro rígido dentro da cueca,toco-o delicadamente sobre a cueca,abaixo um pouco o coise da cueca o que é suficiente para o seu membro saltar para fora,olho para os olhos de Jack e logo começo a punheta seu membro,intercalando com lambidas e chupadas,minhas mãos deslizam sobre seu pau num ritmo perfeito,Jack envolve sua mão em minha nunca,segurando meu cabelo,levando minha boca de encontro ao seu membro,cada vez mais forte,ele fode minha boca rapidamente,sinto seu membro entrando e saindo,levanto meus olhos e vejo em seu olhar um ar de satisfação,sinto minha boca ser preenchida pelo seu prazer.

Seus dedos deslizam pelo meus rosto,ele se ajoelha na minha frente,passando seus dedos em meus seios,desce pela minha barriga,chegando na minha calcinha,tirando-a deixando minha boceta amostra,ele acaricia ela com um de seus dedos em seguida dá pequenas lambidas,me deixando completamente molhada,sua língua mordiscando meu clítoris e um de seus dedos dentro de mim,me faz gemer e pedir mais,sua língua desliza até a entradinha e volta a mordiscar o meu clítoris,seus dedos num movimento de vai e vem me levando a loucura,minhas pernas passam em volta de seu pescoço deixando-o completamente preso entre minhas pernas,minhas mãos aperta a lateral da cama,solto um gemido e aos poucos vou soltando minhas pernas,recuperando minhas forças,meu corpo caí sobre a cama,Jack continua com sua língua na minha xaninha provando do meu mel.

Jack se posiciona entre minhas pernas encosta seu pau em minha boceta  fica deslizando ele em minha boceta,ele coloca meus pés em seu ombro,e contia a brincar,agora vai com seu pau até a entradinha do meu cuzinho e volta para a minha boceta,e assim ele faz varias,peço para ele não brincar e me penetrar.

Ele então passa um de seus dedos no meu buraquinho em seguida sinto seu pau me invadir,minhas mãos deslizavam pelos meus seios,enquanto uma de suas mãos dedilhavam meu clítoris,sentia seu pau completamente dentro de mim,meus gemidos eram altos,podia sentir meu corpo estremecer enquanto sentia seu pau entrando e saindo rapidamente de dentro do meu cuzinho,seus dedos em minha boceta me levava nas alturas,não aguentei muito tempo até gozar com seu pau completamente dentro de mim,ele continua a bombar seu pau,sua respiração ofegante,suas mãos deslizaram pelas minhas pernas segurando meu quadril contra o seu membro,seu pau pulsando dentro de mim preenchendo meu cuzinho,Jack caiu sobre mim recuperando seu folego.

Em seguida vou até o banheiro tomar um banho,quando Jack me segue falando que precisava falar comigo,eu pedi para ele deixar para depois pois queria que aquela noite fosse inesquecível,mas ele insistiu em falar.

__Anita o que eu quero dizer é que essa semana estarei mudando de estado e não poderemos nos ver mais.

Fiquei quieta sentindo a água do chuveiro cair sobre o meu corpo,depois de um tempo calada desliguei o chuveiro peguei a toalha e envolvi o meu corpo,sai do banheiro e me sentei na cama,abaixei minha cabeça e não pude contar as lagrimas  que insistiam em cair.

Jack se aproximou de mim e me envolveu em seus braços,secando as lagrimas de meus olhos.Pedi para que ele fosse embora,ele insistiu para ficar,mas não aceitei,precisava ficar sozinha.

Ele me deu um beijo na boca e se despediu com um adeus.

Passei aquela noite em claro,pois não queria ficar longe de Jack,sem seus toques,beijos...Mas sabia que aquela tinha sido a nossa ultima noite juntos.

Nós matemos contato até hoje,nunca mais fiquei com ele devido a distancia,hoje somos ótimos amigos.

Beijinhos

Anita
Leia Mais ››

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Quero hoje. Quero agora.

Olá queridos...
Sabe quando somos tomados por um desejo incontrolável e inexplicável?
Quando acordamos com o corpo em fogo?
Quando sentimos aquela necessidade de gozar,de sentir prazer,de deixar fluir todo o tesão?
Pois é.. meu maior desejo de hoje,é este:
Um sexo oral gostoso e bem feito. Feito com vontade,tesão,desejo. 
Sentir uma língua me lambendo,e uma boca me chupando,até que eu goze intensamente...coisa melhor não há.
Hoje não estou muito para palavras,prefiro as ações,rsrs. 
Deixo aqui,alguns gifs gostosos para vocês se deliciarem. Espero que gostem.



















Beijinhus*
Cris

Leia Mais ››

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Urgência



Aqui. Agora.
Sem meias-palavras.
Sem palavra nenhuma.
Só mãos... Só toques.
Da boca quero só gemidos.
Beijos... Chupões... Lambidas.
Não quero delicadezas.
O pudor pendurei na porta. A inocência joguei pela janela.
O amor está ali... na cabeceira da cama, esperando tudo acabar.
Porque nesse momento,
tudo que eu quero
é o tesão mais louco,
e o prazer mais selvagem
que você puder me proporcionar.

Por Deby. Dá página  Perigosamente Quente.
https://www.facebook.com/PerigosamenteQuente?fref=ts

Beijinhus*
Cris
Leia Mais ››

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Entrevista para o E & P


Olá queridos venho convidar a todos para conferir a deliciosa entrevista que eu dei ao Blog do nosso querido Erótico & Profano.

Então quem quiser me conhecer mais um pouquinho acesse o link,espero que gostem!



Beijinhos

Anita 

Leia Mais ››

domingo, 1 de dezembro de 2013

Desejos proibidos_Encanto

Me encontro naquele quarto deitada de bruços com seus dedos passeando pelas minhas costas indo até o inicio de minhas nádegas e voltando,o silencio toma conta do quarto,apenas ouço os meus pensamentos que está complemente confuso,eu não deveria estar ali,mais uma vez eu não resisti ao encanto daquele homem sedutor.
Mais uma vez eu estarei entregue a ele(Jack)pois seus lábios já estão tocando cada parte das minhas costas,meu corpo está completamente arrepiado,já não sinto mais culpa,estou completamente envolvida com aqueles lábios em minhas costas,seus dedos passeiam entre meus cabelos e minha nuca,sinto um fogo invadir meu corpo,quero senti-lo,quero toca-lo,eu preciso dele.

Levanto minha cabeça com os olhos fechados,e com um sussurro digo:

__Me possua,sou toda sua!
Suas mão seguram meu rosto,seus dedos tocando meus lábios,sua boca beijando minha nuca descendo até minhas nadegas,ele entra entre minhas pernas passando sua língua em meu anelzinho,sinto ele tocar cuidadosamente e fica por um bom tempo me torturando,fazendo que eu fique cada vez mais excitada.

Ele para,deita ao meu lado puxando meu corpo contra o dele,me viro de frente  e nos beijamos loucamente,minhas mão acariciam seu peito descendo até seu membro,sinto seu pau mais uma vez entre meus dedos e não resisto,preciso senti-lo em minha boca e assim faço,coloco a pontinha da minha língua na cabecinha e sinto seu sabor,aquele sabor irresistível,faço movimentos circulares e desço até a base lambendo cada pedacinho daquele pau,coloco suas bolas em minha boca e subo novamente lambendo,em seguida coloco todo em minha boca e começo chupa-lo rapidamente,fazendo pequenos barulhinhos,ele gemi baixo,eu ouvindo chupo mais e mais,até...
que ele me interrompe me puxando para cima dele,deixo meu corpo ir fazendo um encaixe perfeito,minha boceta desliza em seu pau fazendo que entre completamente,desço meu corpo encostando meus seios em seu corpo e lhe dou um beijo,apoio minhas mãos em seu peito e olhando fixamente em seus olhos,subo lentamente o quadril retirando seu membro por completo e desço lentamente,cavalgando...
deixando-o completamente doido,no canto de seus lábios brota um sorriso malicioso,continuo cavalgando só que mais rápido cada vez mais rápido,ainda olhando em seus olhos,gemendo de prazer,suas mãos já me ajudam a cavalgar,cada vez mais rápido e forte,
inclino meu corpo,levando minha cabeça para trás,fecho meus olhos e sinto suas mãos segurarem meus seios,solto um gemido,minha boceta contrai seu membro fazendo-o gozar,sinto aquele liquido quente me invadir,caio sobre Jack,ainda com a respiração ofegante Jack me beija,me envolvendo num abraço.
Queria permanecer ali em seus braços por muitas e muitas horas,sinto sua alma cada vez que olho em seus olhos,nossa sintonia é unica.Me perco em meus pensamentos por algum tempo,até meu celular me interromper.

Pego o celular e atendo rapidamente:

__Oi Amor,estou no shopping mas já estou indo!

Desligo o celular e me despeço mais uma vez do meu "amigo",lhe dou um beijo demorado seguido de um abraço,me viro e sem olhar para trás vou embora.

No caminho eu penso em tudo que aconteceu e mais uma vez estou decidida a resistir aos encantos de Jack,prometo para mim mesma nunca mais encontra-lo.

Mais no fundo tenho duvidas se irei conseguir.

Beijinhos

Anita

Leia Mais ››