sábado, 6 de julho de 2013

Transa no ônibus de viagem

Bom nunca me descrevi nos contos,hoje irei me descrever.Sou branca,olhos castanho claro,cabelo um pouco abaixo do ombro castanho claro,baixa(1,60),gordinha,hoje estou com 21 anos,prestes a fazer 22 anos.

Tudo começo quando eu e meu namorado(agora ex)planejamos nossa viajem para o Paraná,combinamos que iriamos de ônibus no fim da tarde e assim foi,no dia combinado fomos até a rodoviária e entramos no ônibus,assim que saímos da rodoviária conversamos muito com trocas de carinhos e beijinhos aliais eramos namorados e eu ainda tinha meus 16 anos,ficamos conversando no ônibus até todos pegarem no sono,resolvi que também iria dormir,abaixei o meu banco e em seguida Eduardo abaixou o dele e colocou um cobertor fino em cima de nós,pois estava frio,fechei meus olhos para dormir quando percebo a mão de Eduardo levantando meu vestido indo em direção a minha boceta,fiquei surpresa na hora,mas sabia que Eduardo que teria a surpresa,quando Eduardo tocou seus dedos em minha boceta percebeu que eu estava sem calcinha,abri um pouco minhas pernas para seus dedos se aprofundarem em minha boceta.

Eduardo colocou seus dedos em meu grelinho fazendo com que eu gemesse bem baixinho pois os pouco passageiros que estavam no ônibus não poderiam acordar,Eduardo ao perceber que eu estava excitada começou a estimular meu grelinho me deixando molhada fazendo com que seus dedos se deslizassem até a entrada de minha boceta,Eduardo enfiou seus dois dedos bem fundo fazendo movimentos de vai e vem,naquele momento eu estava louca para colocar sua rola inteirinha em minha boca,mas não tinha como,pois não podíamos fazer movimentos bruscos,coloquei uma de minhas mãos em sua rola e comecei bater uma para ele,enquanto sentia seus dois dedos dentro de mim,já estava toda aberta para ele,um de meus pés já estava no corredor do ônibus,e seu pau estava duro querendo encontrar um lugar quente para entrar,podia sentir a cabeça de seu pau molhada de tanto tesão que Eduardo estava.

Virei de lado colocando uma de minhas pernas em cima dele,ainda com a mão em seu pau,Eduardo aproveitou que naquela posição,minha bundinha estava bem abertinha e deslizou seus dedos até meu cuzinho,ele fazia que enfiaria seu dedo e voltava para a bucetinha,depois deslizava seu dedo até meu cuzinho,fez isso repetidas vezes até meu cuzinho ficar molhadinho,então ele colocou seu dedo dentro do meu cuzinho me fazendo vibrar,logo após se ajeitou colocando seu pau na entrada de minha boceta,aos poucos foi colocando para não fazer barulho,com seu dedo todo enfiado em meu cuzinho foi me puxando ao seu encontro até seu pau entrar por inteiro em meu cuzinho,Eduardo então começo a fazer movimento de vai e vem,enfiando e tirando seu pau de dentro da minha boceta,sentia sua rola me invadir por inteiro enquanto seu dedo entrava e saia de meu cuzinho.

Eu estava louca para gemer,gritar,dar meu cuzinho para Eduardo ali mesmo,mas isso não seria possível,Eduardo continuou a foder minha boceta com calma para não fazer barulho,a sensação de medo e prazer por ter meus dois buraquinhos sendo invadidos me deixavam louca,sentia meu corpo estremecer com o pau dele enquanto ele enchia minha boceta com sua porra,seus dedos já não se movimentavam no meu cuzinho mas permaneciam dentro do meu cuzinho,enquanto seu pau saia da minha boceta todo melado do seu gozo e do meu,Eduardo tirou seu dedo do meu cuzinho,em seguida colocou sua bermuda enquanto eu procurava uma forma de me limpar.

Nos ajeitamos nos acentos trocamos uns beijinhos e quando olhamos para um dos acentos que tinha logo atras do nosso só que do outro lado do corredor pudemos avistar um passageiro que não parava de nos olhar e movimentar suas mãos entre as pernas,acho que ele viu tudo e estava se masturbando não sei.

Logo após isso dormimos e só acordamos quando chegamos em nosso destino,que posso adiantar que foi uma viagem muito prazerosa.

Beijinhos molhados

Anita G.

2 comentários:

  1. Não tenho dúvida de que foi muito prazerosa, só pelo início da pra imaginar que rolou muito mais depois.
    Bjos quentes
    Sra. Q

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sim rolou muito mais depois...Acho que não conseguiria colocar no "papel"tudo que rolou e o que senti.

      Obrigada por cometar e ter gostado

      Beijinhos Sra.Q volte mais vezes!

      Anita G.

      Excluir